kiev escort - проститутки киева

Prêmio Multishow 2015

 

Começou a 1. Fase de votação para os indicados ao tradicional Prêmio Multishow. Nesta fase, os fãs podem votar quantas vezes quiserem em seus artistas preferidos nas categorias selecionadas. Os Paralamas do Sucesso podem ser indicados em 2 categorias: Melhor Grupo e Melhor Show!

A banda já venceu este prêmio em 2 anos! Foi escolhida pelos fãs em 1996 e em 2003 na categoria Melhor Grupo! Além disso, Herbert Vianna foi o artista homenageado no ano de 2004!

Quer votar nos Paralamas? É rapidinho. Só clicar aqui e ir direto para o site do Multishow!

Reggae B – A música tinha salvado mais um

O Reggae B não é só um show imperdível (e eventual) da banda do Bi Ribeiro que só toca reggae. O projeto paralelo do baixista pode até ter nascido assim, mas virou muito mais. Quando Herbert sofreu o acidente do ultraleve, os músicos dos Paralamas se dedicaram ao Reggae B para se manter juntos, fazendo o que sabiam fazer, música. O Reggae B foi, durante um tempo, o centro da força de uma entidade chamada “família Paralamas”. Herbert não estava lá, mas o som, a vibração, o carisma, o espírito, o entrosamento e o patrimônio (por que não?) dos Paralamas estava ali, invisível, em cada silêncio entre uma nota de baixo e outra, nos contratempos marcados de teclado e percussão, no ar do sopro dos metais, nos sorrisos trocados entre músicos e convidados. Fora na plateia que lotava casas atrás da mística natural que rolava no ar.

E a história se fez naturalmente. Primeiro foram notícias de que o tratamento de Herbert incluía ensaios com a galera dele. E o retorno de Herbert aos palcos, diante do público, foi num show do Reggae B. Guess who`s coming to dinner? Senhoras e senhores, Herbert estava de volta ao lugar dele. A música tinha salvado mais um.

Apreciem a galeria com prazer.

O Otimismo que Cura

Todo fevereiro é mês de refletir no imponderável e em como a força de parentes, amigos e admiradores tem o poder de fazer viver para os Paralamas. No dia 4 de fevereiro de 2001, Herbert Vianna caiu de ultraleve no litoral sul do Rio de Janeiro. Os médicos, em dado momento, deram 10% de chance de sobrevivência a ele. E Herbert só precisou disso para continuar com a gente até hoje. Recordar também é ser forte.

Aqui vai uma galeria muito especial de fotos, algumas íntimas, e de reportagens sobre o susto e a comoção provocados – mais tarde se provou – por uma falha mecânica no ultraleve que Herbert pilotava. Um destaque especial para o texto emocionado de Artur Dapieve, jornalista que acompanha a banda desde o início e assinou também o release do disco Multishow Ao Vivo 30 Anos.

Obrigado, Rio…

Foram os fãs, os amigos, os parentes, o velhos e novos conhecidos. Foi bonito mesmo. Ainda hoje, as fotos da festa.

Hoje é dia de festa!


Aniversário do Herbert, show de turnê de 30 anos da banda, telão alucinante com a história visual da banda (não é qualquer história! não é qualquer visual!! não é qualquer banda!!!)… Da sorte os cariocas não podem reclamar hoje. É todo mundo na Lapa.

Pra aquecer, aqui vai mais um álbum de fotos dos Paralamas…

E um especial com dez momentos marcantes, escolhidos pelo Globo.

Cariocas Preparados?

Sábado é dia especial para os cariocas, sejam novos fãs de Paralamas ou fãs há trinta, vinte ou dez anos. Festa dupla: é a chegada do show comemorativo da turnê de 30 anos dos Paralamas e aniversário de Herbert Vianna. (E, para os mais atentos, oportunidade de ouvir Como Uma Onda tocada pela banda, justamente na data do também aniversário de Lulu Santos, mas aí já é demais também). Os ingressos para a Fundição estão à venda.

Esta semana, o site vai começar a publicar (e republicar) fotos dessa trajetória, disco a disco. Aguardem…