My Weblog: istanbul elektrikci paykasa satin al umraniye elektrikci uskudarda elektrikci umraniyede elektrikci film indir kadikoy elektrikci kagithane elektrikci beylikduzu elektrikci seyrantepe elektrikci alibeykoy elektrikci uskudar elektrikci umraniye elektrikci istanbul su tesisat tamiri sisli kombi tamiri sisli cilingirci

Rock in Rio – Fotos e Registros

 

Continuando nosso resgate da história dos Paralamas do Sucesso no Rock in Rio, apresentamos agora uma galeria especial de fotos e registros das 2 apresentações da banda no Rock in Rio de 1985 (13 e 16 de janeiro) e do show de abertura de 23 setembro de 2011 ao lado de Milton Nascimento, Titãs e a Orquestra Sinfônica Brasileira.

Tem foto da credencial de 1985 autografada pelo Rod Stewart, cópia do ingresso e do cartaz de programação de 1985, Paralamas e Titãs em 2011, reportagens antigas e muito mais. Confere só a nossa galeria especial: http://bit.ly/fotosrockinrioparalamas.

Fique de olho aqui no site, porque tem muita coisa bacana que vamos publicar ainda até o dia 18, data de abertura do Rock in Rio 2015.

 

 

Paralamas Na Estrada – Junho 2015

 

Em Junho, Os Paralamas do Sucesso fizeram shows muito bacanas em Lorena (SP), na Fundição Progresso do Rio de Janeiro, no SESC Pinheiros em São Paulo (Virada Cultural) e em Maringá e Campo Mourão (PR).

Além das fotos que publicamos no Facebook e no Instagram da banda, você pode conferir no nosso Flick uma galeria mensal de fotos exclusivas dos bastidores e dos shows de Junho! Clique aqui e confira!

Paralamas na Estrada – Maio 2015

 

Em Maio, Os Paralamas do Sucesso fizeram shows muito bacanas em Dourados (MS) e Ponta Grossa (PR) e rodaram por mais 3 estados da região Sudeste: as capitais de São Paulo e Espírito Santo e, Niterói, no Rio de Janeiro.

Além das fotos que publicamos no Facebook e no Instagram da banda, você pode conferir no nosso Flick uma galeria mensal de fotos exclusivas dos bastidores e dos shows de Maio! Clique aqui e confira!

Fotos – Energia na Véia (SP)

 

Os Paralamas do Sucesso se apresentaram neste fim de semana em São Paulo para 5 mil pessoas na festa “Energia na Véia Premium”. Teve cobertura online do show no nosso Instagram com vídeos e fotos!

Agora, você pode acessar nosso Flickr e conferir mais cliques e registros dessa grande noite! As fotos são de Guilherme Fernandez e Rafael Michalawski.

Aos Amigos

Uns Dias é um disco irmão de Longo Caminho, assim como Vamo Batê Lata tinha sido irmão de Severino e D irmão de Selvagem?. Por um lado, encerrava uma fase, meio que zerando a conta pra partir pra próxima. No caso, a conta era um turbilhão de emoções ainda sendo experimentadas, com melhoras e adaptações dia a dia. No entanto, pensar assim seria simplista demais. E a história do trio que um dia sonhou em tocar na capital está muito além de simplismos.

Uns Dias foi uma celebração das amizades: assim como no Acústico, uma das atrações eram as participações de parceiros da estrada. Só que agora eram nove. Um a cada três músicas – arredondando a conta. Se bem que, da capa à primeira fala de Herbert no disco, a amizade e a parceria que consolidou a volta à música foi a parceria daqueles três cabeçudos teimosos com os milhares de teimosos cabeçudos que pagaram ingresso pra se reencontrar com parte da história de cada um. Os vinte anos de banda tinham chegado e isso não podia passar batido.

Dá uma olhada nas fotos.

Reggae B – A música tinha salvado mais um

O Reggae B não é só um show imperdível (e eventual) da banda do Bi Ribeiro que só toca reggae. O projeto paralelo do baixista pode até ter nascido assim, mas virou muito mais. Quando Herbert sofreu o acidente do ultraleve, os músicos dos Paralamas se dedicaram ao Reggae B para se manter juntos, fazendo o que sabiam fazer, música. O Reggae B foi, durante um tempo, o centro da força de uma entidade chamada “família Paralamas”. Herbert não estava lá, mas o som, a vibração, o carisma, o espírito, o entrosamento e o patrimônio (por que não?) dos Paralamas estava ali, invisível, em cada silêncio entre uma nota de baixo e outra, nos contratempos marcados de teclado e percussão, no ar do sopro dos metais, nos sorrisos trocados entre músicos e convidados. Fora na plateia que lotava casas atrás da mística natural que rolava no ar.

E a história se fez naturalmente. Primeiro foram notícias de que o tratamento de Herbert incluía ensaios com a galera dele. E o retorno de Herbert aos palcos, diante do público, foi num show do Reggae B. Guess who`s coming to dinner? Senhoras e senhores, Herbert estava de volta ao lugar dele. A música tinha salvado mais um.

Apreciem a galeria com prazer.