My Weblog: istanbul elektrikci kutahya web tasarim umraniye elektrikci uskudarda elektrikci umraniyede elektrikci kentsel donusum Acil elektrikci kadikoy elektrikci kagithane elektrikci beylikduzu elektrikci seyrantepe elektrikci alibeykoy elektrikci uskudar elektrikci umraniye elektrikci istanbul su tesisat tamiri sisli kombi tamiri sisli cilingirci

O Circo, por João Barone

Os shows no Circo Voador foram especiais. Um dos momentos altos da turnê, sem dúvidas. Para a volta à casa, Os Paralamas prepararam um set com algumas novidades – elas devem aparecer aqui nos próximos dias -, especialmente no bis. A comemoração de 30 anos chegou forte ao fim deste 2014 e é no auge que será suspensa. Os shows continuam, a caravana não para. A forma muda um pouco, enquanto a banda se azeita para os próximos passos. Um set de fotos em preto-e-branco foi acrescentado ao álbum desta turnê no nosso Flickr. Para ver, clique aqui! Mas talvezv melhor que as fotos, só João Barone contando como foi…

(por João Barone)

Amigos, bem-vindos de volta ao show que nunca termina!

Os não menos que apoteóticos dois shows dos Paralamas no Circo Voador, semana passada aqui no Rio, retrataram muito bem o que aconteceu nos últimos 18 meses, desde o início da Turnê 30 Anos. Depois das 8 apresentações inicialmente previstas, a agenda bombou e esticamos os shows desde maio de 2013 até agora, quando encerramos oficialmente as celebrações dos nossos 30 e poucos anos de estrada. Contabilizamos um monte de trunfos com esta turnê: conseguimos preparar um show bem amarrado, de repertório abrangente, com um inédito apelo visual no palco, gravamos e lançamos esta apresentação ao vivo – inclusive com um belo doc feito on the road – em dvd, cd, com presença em listas de mais vendidos, vários teatros, ginásios, praças e casas de shows lotados ao redor do país. Não poderia ter sido melhor!

E como diziam nossos eternos amigos da dupla Tangos e Tragédias: ” – vocês pensam que esta história se estanca por aqui? Pensam? Ou não pensam?” Claro que não, não para por aqui. Continuaremos com nossos shows na estrada – porque “pedras que rolam não criam limo” – até o lançamento de um novo trabalho inédito, que dará nome a uma nova turnê, ainda sem hora para ganhar as luzes da ribalta, logo adiante.

Só nos resta agradecer todo o entusiasmo que recebemos durante esse período, mas alertamos: vocês ainda vão ter que nos aturar muito! Enquanto isso, vamos aprendendo como lidar com a longevidade na estrada, com mestres do naipe dos Stones, Dylan, Charly Garcia, Gil, U2, Paul McCartney, Bruce Springsteen e outros tantos da categoria sênior, além do inspirador sangue novo do Skank, Pitty, Céu, Marcelo Jeneci, Lucas Santtana, B Negão, Nação Zumbi, essa turma que sempre nos passa grandes lições. E, claro, todos vocês que nos acompanham aqui…

Valeu Nação Paralamica!

Moda e Conscientização

O João Barone é um dos embaixadores da nova campanha da marca de roupas masculinas Highstil, que está com uma campanha nova que usa a moda para falar de assuntos importantes para a gente. No caso, da participação de deficientes na sociedade, ou seja: inclusão social e desenvolvimento pessoal.

Funciona assim: o Barone e o Paul Lafontaine – criador do projeto Alma de Bateria – viram garotos-propaganda da marca, mas não para fazer poses e só. A ideia é mostrar que roupa tem tudo a ver, sim, com estilo de vida, mas que estilo de vida não precisa ser só o que costuma aparecer em propagandas de moda, tipo festas, conquistas amorosas ou um cara impressionando o outro só por ser mais cool. Estilo de vida também pode ser pensar a sociedade com mais liberdade e generosidade.

O projeto Alma de Batera oferece aulas de bateria para pessoas com deficiência. O trabalho é desenvolvido através de exercícios básicos de bateria que estimulam e incentivam o aluno, com atividades pedagógicas e dinâmicas corporais. As vantagens são auditivas, psicomotoras, cognitivas e sociais, além de ajudar de fortalecer as ligações afetivas dessa rapaziada.

Barone Fala Sobre os 30 Anos

por João Barone

“Quando Herbert falou que estamos abrindo um novo ciclo de 30 anos de atividades, ele não poderia estar mais certo. Passados três meses desde o início da tour 30 Anos, estamos cada vez mais com esse sentimento.

Nos vimos diante do desafio de preparar um show no qual não tínhamos um trabalho novo como âncora, com a missão de superar um show tão bem realizado como a tour do álbum anterior, “Brasil Afora”. O resultado está comprovado no grande sucesso que a turnê atual está encontrando junto ao público. E mesmo depois de tantos anos na estrada, não escapamos de constatar como o show vai se aprimorando com o passar dos dias, as músicas vão se internalizando, ficam cada vez mais vivas na nossa memória, a ordem das canções impressa no subconsciente, ao mesmo tempo em que as passagens entre um tema e outro acontecem instintivamente.

Isso tudo vai nos deixando cada vez mais seguros nas execuções, possibilitando rolar a pelota mais à vontade. Esse processo de “maturação” do show é um dos maiores prazeres que experimentamos durante a extensão de uma turnê. Por mais que a gente tenha ensaiado um show, só mesmo sob a pressão do palco, em frente a plateia, é que ele vai se configurar totalmente. Treino é treino, jogo é jogo.

E assim vamos pela estrada afora, passando por alguns palcos nobres, alguns nem tanto, mas com uma “variável que se repete sempre”: o nosso extremado estado de satisfação, de cara para a platéia animada que canta junto as músicas mais conhecidas, ou as nem tanto.

Nessa altura da tour 30 anos, já foram várias as noites em que saímos do palco em pleno êxtase, comentando como este show parece o melhor que já fizemos até hoje. Temos a impressão que esta turnê vai nos deixar saudades. Só nos resta estender prazerosamente o quanto for possível sua duração, enquanto não chega um novo álbum de inéditas, uma nova coleção de canções, uma nova turnê… essas coisas de um novo ciclo de 30 anos…”

Barone 50

E agora o time está completo! João Barone, que era o último remanescente dos quarentões dos Paralamas, já não é mais! Com muita alegria, é dia de comemor a data do batera, escritor, pensador, amigo e gente finíssima, astral total! O cara que dá o pulso e a ordem do som. As baquetas talentosas e o grande parceiro de toda a família Paralamas!

Um brinde a João Barone.