, 'opacity': false, 'speedIn': , 'speedOut': , 'changeSpeed': , 'overlayShow': false, 'overlayOpacity': "", 'overlayColor': "", 'titleShow': false, 'titlePosition': '', 'enableEscapeButton': false, 'showCloseButton': false, 'showNavArrows': false, 'hideOnOverlayClick': false, 'hideOnContentClick': false, 'width': , 'height': , 'transitionIn': "", 'transitionOut': "", 'centerOnScroll': false }); })

Parabéns, Bi Ribeiro!

Hoje é o dia do aniversário do Bi Ribeiro!

O cara divertido, carismático e dono daquele poderoso e inconfundível baixo dos Paralamas.

Para comemorar a data, preparamos uma seleção especial de fotos com alguns modelos de baixos que o Bi utilizou durante esses quase 35 anos de banda. Qual o seu preferido?

 

 1984 – Alembic, usado por Bi nas gravações de Cinema Mudo e O passo do Lui


1985 – Ken Smith, usado por Bi nos shows do Rock in Rio I e nas gravações de Selvagem?

 

 

1986 – Hofner Viola (baixo muito antigo – aqui, no clipe de A Novidade)

 

 

1989, 1994 e 2009 – o bom e velho Factor Philip Kubicki

1995 – Fender Jazz Bass (usado mais em clipes do Fantástico, nos anos 1980. Na foto, um retorno rápido, para o clipe de “Esta Tarde”)

 

1996 – Ampeg Dan Armstrong (um modelo transparente, feito de acrílico, usado somente na turnê de 9 Luas)

 

1997 e 1998 – Warwick Fortress Flashback (usado na turnê de Hey Na Na e na turnê Paralamas Tri0 2016

 

1999 – Fender Precision (o segundo baixo elétrico que Bi comprou – até hoje ele tem. Na foto, durante um dos shows da turnê Sempre Livre Mix, com os Titãs)

 

2010 – baixolão usado na turnê de Brasil 

 

Steinberger – modelo que Bi usa esporadicamente, para shows menores. Foi usado também nas sessões de gravação de Selvagem?


2016 – Factor Philip Kubicki Amarelo

tags