My Weblog: istanbul elektrikci paykasa satin al umraniye elektrikci uskudarda elektrikci umraniyede elektrikci film indir kadikoy elektrikci kagithane elektrikci beylikduzu elektrikci seyrantepe elektrikci alibeykoy elektrikci uskudar elektrikci umraniye elektrikci istanbul su tesisat tamiri sisli kombi tamiri sisli cilingirci

9 LUAS 1996

SOBRE O ÁLBUM

Era o primeiro disco em estúdio após a experiência radical de “Severino” – que alijara a banda das rádios brasileiras – e o sucesso fulminante de “Vamo Batê Lata” – que os trouxera de volta. Somando os pedaços do que o passado recente tinha deixado, “Nove Luas” levou o grupo a uma assinatura musical definitiva. Depois de inaugurar a percepção da latinidade no rock brasileiro e voltar a estourar no momento em que uma nova geração de bandas consolidava a mistura de ritmos nacionais como o caminho inevitável, o grupo juntou tudo isso para criar uma linguagem adulta, sem perder a doçura pop.

Na época em que nasciam os primeiros filhos, vinham junto e a reboque as reflexões inevitáveis na vida de quem passa a ser pai. Entre os naipes acelerados de Loirinha bombril na abertura do disco, passando pelo coro de pastoras de samba em Outra beleza até chegar na reflexão sobre o processo de separação já na terceira idade de Na nossa casa, há um jogo constante entre as tentações e prazeres da vida adulta e a dor da inocência perdida. É nesse espaço que os Paralamas se encontravam. Da abstração lúdica de quem sonha sair para ver o céu e se perder entre as estrelas (Busca Vida) e acorda no cotidiano pálido de uma vida que insiste em servir um velho ritual que serve a tantos outros (O caminho pisado). A banda ainda ainda te convida a dar um sorriso quando entender que basta se aceitar do jeito que se é, entre limitações e desejos comuns (Seja você), e que mesmo as coisas mais sólidas podem se desmanchar no ar diante da força do acaso (Um pequeno imprevisto).

Convidando ainda uma série de artistas plásticos a dar suas leituras para o nome “Nove luas” e fazendo uma série de belos videoclipes (Loirinha Bombril, Outra beleza, La Bella Luna e Busca vida), neste álbum os Paralamas consagraram de vez sua relação com as artes visuais. E mais do que isso: pavimentaram bem o caminho e aproveitaram muito bem a chance de voltar ao topo.